Relato de Experiências – Hospital de Base 1 Parte

Segunda , 09-08-2010 Brasília

Dras: Lombriga (Mylla), Lalesca (Jeh), Pimpolha Repolha (May), Fulô (Tayze), Ériket (Érika),Cabide: Neiva.
Andares: Sétimo, Oitavo e Pronto Socorro.

No sétimo e oitavo andar encontramos vários pacientes com o mesmo sintoma: riso froxo!

Assim que um demonstrava esse sintoma, o quarto todo se enxia de gargalhadas, as enfermeiras entravam atrás da gente só pra conferir se estava tudo bem. Mas elas nem imaginam que esse sintoma é acima de tudo uma cura, não um problema… e esse segredo fica entre só entre nós, ok?

Visitamos nossa amiga de sempre, a Karen que tem olhos azuis como o mar (ela mesma diz isso). Descobrimos que ela é portuguesa e sabe falar inglês!! E quando tentamos cantar ‘Folia no meu quarto’, logo ela reagiu: ‘sossega, sossega!’.. aaaah Karen! Então ficamos de levar músicas novas da próxima vez já que ela não gostou muito da última. E hoje nossa flor nos surpreende, ao dizer que sofre, deixando as Doutoras com um taaaaanto de ciscos nos olhos..

No Pronto Socorro, uma senhora toda linda pediu pra gente conversar um pouco com sua mãe, a Dona Maria! Ela ficou encantada com tantas cores, sorrisos e histórias. Pediu pra gente adivinhar a idade dela, tentamos várias vezes mas nada de acertar, chutamos 70 e ela falou “mais 14”. Mas não era possível, ela não aparentava 84 nem brincando! Perguntamos o segredo, ela falou que aquela era a primeira vez que ficava internada, que sempre teve uma saúde ótima porque não come carne! (a Doutora Pimpolha Repolha adorou isso rs).

Depoimento do nosso “cabide”: Eu sou cabide e foi a primeira vez que eu participei de uma visita no hospital como trabalho voluntario. Eu nunca me senti tão bem, tão feliz e realizada porque levamos sorrisos pras pessoas que pensam que os os sonhos ja foram enterrados, que só ha espaço pra lagrimas e angústias. Em cada olhar eu pude ver esperança, carência e sei que algumas daquelas pessoas se sentiram vivas pelo menos por alguns instantes! É tao bom tirar sorrisos, alegrias e emoções de dentro de mim pra dar pras pessoas, é prazeroso saber que posso levar paz e esperança e assim busco vivenciar a solidariedade na busca da paz interior e relacional. Mais uma vez tive a certeza de que é isso que eu quero fazer, é essa vibração que eu quero sentir, é isso que eu quero levar: o sorriso e a esperança de um futuro estampado no meu peito!!

E assim, num dia tão intenso, uma imensa bola de sabão, daquelas bem bonitas, sabe ?

‘Se água nos olhos do palhaço molha…’

Advertisements

2 comentários (+add yours?)

  1. Douglas
    Ago 21, 2010 @ 17:13:19

    Realmente e lindo o trabalho!!

    Responder

  2. Sandra
    Out 05, 2010 @ 18:12:01

    Vocês não têm noção do tamanho da beleza do trabalho que realizam.
    Muitos, muitos, muitos Beijos.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

O que mais se vê por aqui

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 264 outros seguidores

%d bloggers like this: